sábado, 8 de agosto de 2009

Depoimento.


Nome: AUREA BEKMAN
Idade: 41 ANOS
Cidade: Rio de Janeiro - RJ
Altura: 1,68
Peso Anterior: 180 KG
IMC Anterior: 63.8
Data da cirurgia: 11/04/2006
Técnica: CAPELA C/ ANEL
Método: ABERTA
Peso atual: 92 KG
IMC atual: 32.6
Médico: OCTÁVIO FALCÃO ( EQUIPE DO DR. FÁBIO VIEGAS )
Hospital: ADVENTISTA SILVESTRE

Acho que minha história não foi diferente da maioria dos obesos mórbidos.
Venho de uma família muito humilde, onde não tinhamos muita opção de alimentos, era o que se tinha...
produtos mais calóricos são mais baratos e por isso eram esses que tinhamos que comer!! Hoje acredito que minha mãe achava que quanto mais gordinha mais saudável! ( lamentável mas verdadeiro ).
Não posso falar que tive uma infância ou adolescência problemática por caua da obesidade, sempre me destaquei com meu carisma, minhas brincadeiras, minha amizade e principalmente minha solidariedade. Com isso, venci o preconceito até chegar a uma fase da minha vida onde passei a ter limites sociais. Não podia sequer ir ao cimena pois não cabia na cadeira, andar de ônibus nem pensar, corria um grande risco de ficar entalada na roleta, em refeições na casas de amigos, nunca podia comer o que realmente me satisfazia, afinal de contas a vergonha era maior.
Certa vez fui para uma fazenda e todos andavam à cavalo e eu me senti excluida pois não tinha coragem de fazer isso com os pobres cavalos. rs
Sentei em um touro, conclusão caí, voltei antes do tempo sem 4 dentes da frente e com a boca toda aberta, naquele dia me senti a pior das mulheres, então eu só tinha duas opções, operar ou operar. Na época da minha cirurgia tinha uma menina da comu que operou 15 dias antes de mim e ficou meses em coma, mesmo assim eu encarei a cirurgia pq na realidade eu já era uma viva morta, vc consegue imagina uma mulher vestir n* 68? Esse era meu manequim.
Acho que assim como na vida, o melhor é sempre tentar, pq mesmo que algo dê errado pelo menos estávamos tentando algo melhor.
Outro dia estava na linha Amarela e foi fechada por tiroteios, o que quero dizer com isso, a vida é muito curta e precisamos viver cada dia intensamente buscando o melhor com a certeza do dia seguinte.
Pesquise, troque experiência mas só vc poderá achar essa resposta.
Eu hoje falo para qualquer pessoa, a gastroplastia foi a melhor e mais importante decisão na minha vida.
Fístula, aderência, falta de vitaminas, quedas de cabelos, migração de anel, etc.. Vai valer sempre a pena, mas pesquise e VC tomará a sua deicsão.
A gastroplastia me truxe várias coisas que eu jamais poderia imaginar, inclusive o verdadeiro sentido do amor.

2 comentários:

Josy Keid disse...

Aurea, a história de vocês é muito linda. Com todo o respeito, sem conhecer vcs pessoalmente, msm assim da pra ver o qto são felizes, parabéns as duas!

Elaine Braga disse...

Me chamo Elaine Braga.Sou do Rio de Janeiro.Estou querendo fazer a cirurgia bariátrica,tenho 102k,160m.
Não aguento mais ser gorda,gostaria de trocar informações com quem já fez a cirurgia.
Estou muito ansiosa e confiante que vou deixar de ser gorda.
Muito obrigada e um abraço a tds. Elaine braga.