sexta-feira, 12 de março de 2010

Obesos terão que pagar duas passagens



Definitivamente, as empresas aéreas terão que se adaptar para acomodar melhor os gordinhos. E isso não quer dizer seguir os passos da United Airlines, uma das maiores empresas aéreas dos Estados Unidos, que anunciou que pessoas obesas terão que pagar duas passagens.

A discussão sobre esse assunto voltou à pauta dos veículos de comunicação quando a imagem de um passageiro obeso espremido numa poltrona da classe econômica foi publicada no blog sobre aviação Flightglobal, do escritor Kieran Daly. Logo, o Daily Telegraph repercutiu o post, reacendendo o debate sobre como as empresas aéreas lidam com o grande número de passageiros que estão acima do peso.

A fatídica fotografia teria sido tirada através do celular de um dos clientes, que estava indignado com a situação e resolveu denunciar a dificuldade da American Airlines em acomodar os passageiros em seus assentos.

A saída seria então que passageiros obesos comprassem uma poltrona extra? A empresa americana Southwest acha que sim. Sua política orienta àqueles que não se encaixam entre os dois braços das cadeiras a comprarem um segundo bilhete, que é devidamente reembolsado caso o voo não esteja cheio.

No caso da American Airlines, essa regra não existe. Porém, a empresa pede aos passageiros para avisarem, antes do horário da decolagem, se precisarão de duas poltronas. Vale ressaltar que esses dois lugares só são disponibilizados sem custo se o voo não estiver lotado.

Será que o gordinho avisou? Ou o voo estava lotado? Mesmo não sendo possível saber sequer se o avião decolou com o gordinho (mau)sentado daquela maneira, o caso é muito grave, pois não se pode aceitar que alguém passe por uma situação daquela.

2 comentários:

Nanna (Carla Renata) disse...

Oi querida..passando pra lhe desejar um ótimo fds..bjs

Tulio Bambino disse...

O mundo como conhecemos está em crise. Não iria deixar de ser invasivo tbém ao mundo gordo. Q aliás é cada vez mais invadiddo pela epidemia de obesidade. Várias serão as reações, a cobrança por dois lugares começou na Europa, na Irlanda com uma empresa de lá. Teve muita falação, mas aos poucos foi crescendo a AirFrance tbém cobra e agora chegou na Capital do Império. Vai pegar.
Já se fala em sobretaxar alimentos claramente "obesificantes", hamburger, doritos e batatas. Em breve já veem campanhas no naipe do antitabagismo.
Pessoalmente tbém tenho bronca do politicamente correto, deveriam sobretaxá-lo tbém. Gordinho os tomates esse chupeta de baleia tem quase 300Kg. Gordalhossauro Total!