quarta-feira, 16 de junho de 2010

Indice de separação após cirurgia da obesidade é muito alta.

Uma das mudanças da cirurgia é a auto estima e a liberdade com sua nova vida!

Nós mulheres qd saímos dos três dígitos, acabamos tendo coragem de encarar o espelho e achando que merecemos uma vida amorosa melhor e com isso somos radicais encarando a separação.

Para especialistas que acompanham os obesos após o procedimento, a mudança de parceiro tem se tornado tão comum que começa a ser tema de estudo. “Essa é uma cirurgia que mexe com as relações humanas. A pessoa muda muito e se tiver um casamento mais ou menos ele vai com certeza acabar”.

Em 2009 foi feito um estudo de caso com 20 mulheres que deixaram de ser obesas depois da cirurgia bariátrica. Metade delas tinha se separado. O resultado da pesquisa, que dará origem a um levantamento mais detalhado, foi apresentado no Congresso Brasileiro de Cirurgia Bariátrica realizado este mês em São Paulo.

O estudo dá prioridade ao comportamento das mulheres, porque somos nós, que passamos pelas maiores transformações depois da redução do estômago. “A mulher não consegue conviver com essa infelicidade agora que está se sentindo bonita e independente. O homem costuma resolver isso mantendo um relacionamento paralelo.”

Se conseguimos emagrecer pq não conseguir ser feliz no relacionamento?

Uma das amigas que deu aqui seu depoimento em 2007 se separou e iniciou um novo relacionamento.

Além da autoconfiança que chega com o emagrecimento, a mudança de rotina do casal pode contribuir para o fim do casamento. “Muda o menu, o tempo das refeições, os interesses. Se o companheiro não se adaptar, isso pode ser a gota d’água”.

Com 60 quilos a menos, ela passou a trabalhar, tinha menos tempo para a casa, para o marido e queria aproveitar a vida. “Seu ritmo mudou.” Ela engordou 45 quilos depois da primeira gravidez. Tentou a dieta da lua, do sol, do carboidrato, da sopa, e, como nada surtia efeito, se deu de presente a cirurgia em Julho de 2005. O divórcio veio dois anos depois. “Começou a aparecer e a se gostar. Passou a respeitar mais as suas opiniões”, afirma. “Agora ela decide, o que faz, ela tem opinião própria. Ela resolve sua vida.”Está novamente casada, amando e vivendo sua vida o que não fazia antes.

Agora seu ex marido é quem não aceita o término da relação, mais com ela mesma diz, não foi por falta de aviso.

Nunca é tarde para se ser FELIZ!!

Agora sua vida é mais leve após cirurgia de estômago, afirma.

4 comentários:

Neres disse...

engraçado é como o tolo a aceitou GORDA como era.acho que na real a GORDURA era desculpa de se esconder da vida. Após outros homens darem em cima, querem experimentar coisas novas. acho que a cirugia bariatrica retira o cerebro das mulheres e não a gordura.

Binho disse...

Esta questão é de uma morbidez tremenda, pois na realidade as mulheres que chegam ao ponto de se submeterem a esta arriscada cirurgia, escolheram por questões próprias chegar a este ponto. Normalmente são fracas, pois ao primeiro problema em seus relacionamentos "espanam". Dai todos são culpados, menos ela. O que seria engraçado se não fosse trágico nesta história, é que o otário do companheiro que esteve sempre a seu lado e que na maioria das vezes é quem ajuda com algum custo nesta cirurgia, se lasca. Elas simplesmente o relegam a último plano, passam por cima dos seus sentimentos na primeira vez que uma roupa de menor número é usada, e assim vai. Como diria o profeta, "Enquanto existir cavalo, São Jorge não anda a pé".

Anderson Gonçalves disse...

Eu tenho vergonha dessa inversão de valores e de certos profissionais apóiam a decisão do divórcio.
O cônjuge batalha muitos anos com a mulher, apoiando, cuidando, dando amor, carinho.
E quando a mulher emagrece,...é lógico, se sente mais bonita, confiante,com alta estima.
Aí, resolve se separar porque não está satisfeita com o marido que perdeu seu tempo com a falsa magra que não se separou quanto estava gorda porque ela era egoísta,hipócrita e sem coragem. E dizem que e falta de personalidade. Por favor! Ficou magra mais continua com a mesma personalidade: egoísta, hipocrita, mas so que com coragem e porque agora pode se garantir para arrumar outro. Nao quero ser radical, que todos os relacionamentos terminam por por esse motivo.

Infelizmente, hoje, o homem vale o que tem,não o que é.

sonistela Andrade disse...

Os comentários são ótimos, adorooooo